Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portas: "Não há empate nenhum entre o PS e o PSD. Sei o que estou a dizer"

Paulo Portas voltou a desvalorizar os resultados das sondagens e a alertar para os "enganos" que estas podem causar. "Cerca de três em quatro portugueses querem mudanças", adianta.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Maio de 2011 às 20:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...
“Vai haver sondagens de todos os gostos” mas “as pessoas devem manter-se lúcidas” sublinhou o líder do CDS em declarações à RTP, acrescentando que as pessoas devem votar por aquilo que vêem e pela sua própria avaliação “e não de acordo com sondagens que se enganam demais.”

“Não há empate nenhum entre o PS e o PSD. Sei o que estou a dizer”, sublinhou. “Cerca de três em quatro portugueses querem mudanças.”

“A quem convém” os empates técnicos, questiona. “Ao PS para animar as hostes” e “ao PSD para forçar algum voto que não merece”, considera.

Paulo Portas reiterou que não vai entrar numa troca de insultos e acrescentou que “os insultos ficam com quem os profere.”

“Portugal está numa situação” de elevado desemprego e “desmotivação. E nós vamos passar uma campanha com querelas? Não baixarei o nível da campanha. Quero falar de ideias e propostas.”

“Há de facto um partido que se esforçou mais, que tem uma equipa melhor, e acho que as pessoas reconhecem essa atitude”, concluiu.

As duas sondagens hoje divulgadas apontam para que o CDS consiga arrecadar entre 10 a 13,7% das intenções de voto.

Ver comentários
Saber mais Paulo Portas CDS PP eleições legislativas sondagens
Outras Notícias