Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Primeiro-ministro desafia PS a esclarecer se está de acordo com o Tratado Orçamental

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, manifestou esta quarta-feira, durante o debate do Estado da Nação, a sua "preocupação" com as posições do PS quanto às regras europeias que visam a estabilidade orçamental, desafiando os socialistas a esclarecerem se estão de acordo com a manutenção das regras.

Pedro Elias/Jornal de Negócios
Lusa 02 de Julho de 2014 às 16:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

"De cada vez que se fala na flexibilidade, na renegociação, está-se a dar uma machadada na credibilidade dos instrumentos de estabilização económica e financeira na Europa", defendeu o primeiro-ministro, em resposta a um pedido de esclarecimento do PSD, no debate sobre o Estado da Nação, que tem lugar esta quarta-feira, 2 de Julho, na Assembleia da República.

 

Passos Coelho convidou o Partido Socialista, "independentemente de todas as discussões que está a passar nesta fase", a esclarecer "se está ou não está de acordo com a manutenção das regras que permitiram à Europa afastar qualquer prenuncia de falência do euro e de pré-falência da União Europeia".

 

"Está ou não está o Partido Socialista convicto hoje como estava quando ratificou o tratado orçamental de que sem disciplina das finanças públicas não é possível partilhar uma mesma moeda? Está comprometido com as regras desse tratado e que foram transportadas para a nossa lei de enquadramento orçamental", questionou o primeiro-ministro.

 

Pedro Passos Coelho manifestou "a preocupação do Governo" sobretudo "no que diz respeito ao PS" que "se insere na experiência governativa como um partido da Zona Euro e da União Europeia e que ratificou o tratado orçamental numa altura em que se jogava a sobrevivência do euro".

 

O chefe do Governo considerou que "sempre que há oportunidade o PS fragiliza o seu apoio ao tratado orçamental", considerando que o esclarecimento que pediu é "importante e inadiável".

Ver comentários
Saber mais Estado da Nação Assembleia da República Partido Socialista União Europeia Pedro Passos Coelho PS Zona Euro
Mais lidas
Outras Notícias