Política PS: Esta é a "solução menos má para todos"

PS: Esta é a "solução menos má para todos"

João Galamba defende que o modelo de venda encontrado impede o Lone Star de extrair "indevidamente" recursos do Novo Banco.
PS: Esta é a "solução menos má para todos"
Miguel Baltazar/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 31 de março de 2017 às 20:18

O Partido Socialista (PS) defendeu esta sexta-feira que a solução encontrada pelo Governo e pelo PS para a venda do Novo Banco é a "solução menos má para todos", disse o porta-voz do partido, João Galamba.

 

O deputado socialista considerou que a solução para a venda do Novo Banco evita que o fundo norte-americano Lone Star "extraia indevidamente recursos do banco". O mecanismo criado "neutraliza as dúvidas" que existiam.

 

O Banco de Portugal anunciou esta sexta-feira a venda de 75% do capital do Novo Banco ao Lone Star, com o Fundo de Resolução a ficar com uma participação de 25%.

 

João Galamba, que falava aos jornalistas no Parlamento, disse que uma garantia "expunha o Fundo de Resolução a perdas maiores". No entanto, o socialista admitiu que o modelo de operação hoje anunciado não está isenta de riscos.

 

"Embora esta solução exponha o Fundo de Resolução a algum risco, estávamos a falar de uma exposição a todo o risco".

 

Galamba defendeu que os termos da operação de venda negociados com Bruxelas garante que a Lone Star "não pode vender activos ao desbarato".

 

O Lone Star vai entregar 1000 milhões de euros, 750 milhões já. Tal como noticiou o Negócios, o Fundo de Resolução pode ser chamado a injectar dinheiro no Novo Banco de os activos problemáticos registarem perdas e a almofada de capital no banco não chegar para as cobrir. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI