Política PS cai e já só tem 1,5 pontos de vantagem para a coligação

PS cai e já só tem 1,5 pontos de vantagem para a coligação

A última sondagem da Eurosondagem para o Expresso e a SIC  mostra que o PS mantém a tendência de descida, detendo agora uma vantagem de apenas 1,5 pontos percentuais face à coligação PSD/CDS. A coligação e o Bloco de Esquerda são as únicas forças a subir.
PS cai e já só tem 1,5 pontos de vantagem para a coligação
Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago 07 de agosto de 2015 às 14:07

O PS e a coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) estão cada vez mais próximos nas intenções de voto. A última sondagem da Eurosondagem para o Expresso e a SIC, relativa ao mês de Agosto, mostra que as intenções de voto nos socialistas desceram 0,4 pontos percentuais para 36,3%. Já as intenções de voto na coligação registaram uma ligeira subida de 0,2 pontos para 34,8%.

 

A diferença de 1,5 pontos percentuais que agora separa os dois candidatos às eleições legislativas de 4 de Outubro situa-se dentro da margem de erro da amostra do estudo da Eurosondagem que é de 3,05%.

 

Para além da coligação, apenas o Bloco de Esquerda subiu face à sondagem de Julho, com os bloquistas a manterem a quarta posição apesar de terem registado uma ténue subida de 0,2 pontos para os 5%. Em sentido inverso, CDU, PDR e Livre/Tempo de Avançar desceram ligeiros 0,2 pontos percentuais.

 

A coligação entre o PCP e Os Verdes mantém assim a terceira posição com 10% das intenções de voto, enquanto o partido liderado por Marinho e Pinto permanece em quinto lugar depois de cair para os 2,3%. Já o movimento cujas principais figuras são Rui Tavares e Ana Drago não vai além do sexto lugar com 1,7%.

 

Esta sondagem indicia que o cenário de maioria absoluta é cada vez menos plausível.

 

Costa e Passos são os líderes que mais sobem em termos de popularidade

 

Apesar de estarem situados em extremos opostos no que à popularidade diz respeito, António Costa, secretário-geral do PS, e Passos Coelho, presidente do PSD, são os líderes partidários cujo nível de popularidade mais subiu em Agosto.

 

Mas se a taxa de aprovação do líder socialista subiu 1,5 pontos para um saldo positivo de 20,4 pontos, mantendo-se assim como o líder mais popular, a sondagem da Eurosondagem mantém Passos Coelho como único líder com saldo negativo (-1,1 pontos) apesar da subida de 1,2 pontos conseguida em Agosto.

 

Já o líder do partido mais pequeno da coligação Portugal à Frente, Paulo Portas, continua a ser o segundo líder partidário mais popular (saldo de 10,7 pontos). Também Jerónimo de Sousa (5 pontos), secretário-geral do PCP, e Catarina Martins (1,4 pontos), porta-voz bloquista, mantêm uma avaliação positiva global por parte dos eleitores.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI