Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PS considera "natural" voto favorável de BE e espera o mesmo do PCP e PEV

A secretária-geral-adjunta do PS considerou hoje "natural" o anúncio de voto favorável na generalidade à proposta de lei de Orçamento do Estado para 2017 (OE2017) pelo BE, mostrando-se "convencida" de que PCP e PEV terão a mesma atitude.

Bruno Simão/Negócios
Lusa 23 de Outubro de 2016 às 17:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

"Com a naturalidade de quem esteve de forma séria e muito transparente a negociar as metas orçamentais que temos de cumprir e os compromissos com os nossos eleitores e parceiros. Por isso, é natural que o voto anunciado pela líder do BE seja favorável", disse Ana Catarina Mendes à Lusa, no XIII Congresso da corrente socialista da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN), num hotel lisboeta.

 

A coordenadora bloquista, Catarina Martins, afirmou no sábado que o OE2017, "objectivamente, aumenta rendimentos do trabalho, cumpre o compromisso de não precarizar e privatizar mais, de não aumentar os bens essenciais" e que, "no deve e no haver, em 2017, quem vive do trabalho será mais respeitado".

 

"Estou convencida de que, depois dos acordos que todos celebrámos há um ano atrás, estando a ser cumpridas todas as suas metas, estou absolutamente convencida do voto favorável do BE, do PCP e também do PEV", afirmou a deputada do PS.

 

A proposta de lei do Governo socialista tem discussão e votação na generalidade agendada para as sessões plenárias de 3 e 4 de Novembro, seguindo-se o processo de debate na especialidade até à votação final global, novamente no hemiciclo de São Bento, a 29 de Novembro.

 

"Estão criadas as condições para o OE2017 ser um orçamento que vai ao encontro dos compromissos do PS com os seus eleitores, do país com as instâncias internacionais e do PS com os parceiros de Governo. Nesse sentido, a discussão vai decorrer normal e naturalmente no seio da Assembleia da República e estou absolutamente convencida de que os nossos parceiros estarão ao nosso lado neste orçamento", reforçou Ana Catarina Mendes.

Ver comentários
Saber mais Orçamento do Estado Ana Catarina Mendes Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses Catarina Martins PCP Governo São Bento Assembleia da República
Mais lidas
Outras Notícias