Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PS sugere demissão do Governo em face dos "resultados zero" na economia

O deputado do PS Rui Paulo Figueiredo sugeriu hoje a demissão do Governo num debate no Parlamento com o ministro da Economia, acusando o Executivo de não apresentar resultados e se limitar aos "cortes e mais cortes".

Lusa 11 de Janeiro de 2013 às 13:24

"Se os resultados são zero, se este Governo não tem políticas para o crescimento e o emprego, se falha na execução orçamental, se a solução são cortes e mais cortes, não acha que é tempo de devolver a palavra aos portugueses", questionou o deputado socialista, durante o debate parlamentar com o ministro da Economia.

 

O deputado do PS invocou os alertas do Presidente da República sobre a necessidade de pôr fim à "espiral recessiva" da economia portuguesa, acusando o ministro de "fazer muitos anúncios, mas com resultados zero".

 

No debate, Álvaro Santos Pereira, que não respondeu à sugestão do deputado do PS, foi confrontado várias vezes por deputados da oposição com acusações de "falta de peso político".

 

O ministro acusou a oposição de "insistir na falácia" de dizer que pelo facto de ser "um independente" não tem "peso político no Governo": "Acordo de concertação social, quem o fez? Acordo para a reforma laboral quem a fez? Corte de dois mil milhões rendas na energia quem a fez? Acordo da Concertação Social no trabalho portuário quem a fez", questionou.

Do lado do PCP, o deputado José Lourenço questionou a vontade política do Governo em avançar para a "reindustrialização" do país, perguntando como é que se explica "a venda da Cimpor", que qualificou como "crime económico".

 

Sobre este caso concreto, Álvaro Santos Pereira respondeu que "estava em curso há já muitos anos".

Pelo CDS-PP, o deputado Raul Almeida questionou o ministro sobre as causas do desemprego nos jovens, afirmando que em parte se deve à "desadequação entre a formação e as necessidades do mercado de trabalho".

 

Em resposta à deputada Ana Drago, do BE, Álvaro Santos Pereira disse que, a manter-se o ritmo de execução do Quadro Referência Estratégico Nacional [QREN], o programa "será pela primeira vez cumprido integralmente".

Ver comentários
Saber mais PS Rui Paulo Figueiredo Governo economia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio