Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD ataca a "fragilidade" da oposição

Luís Montenegro utilizou a maior parte da sua intervenção para atacar o actual estado da oposição, não deixando de referir a crise na liderança do Partido Socialista.

Miguel Baltazar/Negócios
Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 02 de Julho de 2014 às 16:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

"Seja quem for o líder do PS no futuro, o PS não ajudou os portugueses a ultrapassarem o estado difícil que o País atravessa. Já não tinha ajudado quando era responsável pela governação", afirmou o líder da bancada parlamentar do PSD. "A oposição está frágil."

 

Montenegro fez questão de se referir à luta interna pela liderança do PS, em António Costa está a desafiar António José Seguro, mas também a posições "anacrónicas" do Bloco de Esquerda e do PCP.

 

Sobre o Estado da Nação, o deputado social-democrata disse que "muitos portugueses começam a ter mais esperança" e que "hoje Portugal tem novas oportunidades de emprego". "O País está melhor, as pessoas começam a sentir mais futuro", acrescentou.

 

Anteriormente, o António José Seguro tinha apresentando cinco propostas concretas ao Governo, mas não obteve acolhimento por Pedro Passos Coelho.

 

Ver comentários
Saber mais António Costa Montenegro António José Seguro Bloco de Esquerda Estado da Nação
Mais lidas
Outras Notícias