Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD: "Esta solução de Governo não conta com o nosso apoio político"

"Não concordamos. Não subscrevemos e não apoiamos esta indicação e o Governo que António Costa irá chefiar", afirmou Marco António Costa em reacção à indigitação do líder do Partido Socialista para primeiro-ministro.  

Bruno Simão/Negócios
Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 13:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 55
  • ...

Pouco mais de uma hora após Cavaco Silva ter indigitado António Costa para primeiro-ministro, o Partido Social Democrata reagiu a esta decisão pela voz do seu vice-presidente e porta-voz. Numa breve declaração aos jornalistas, Marco António Costa afirmou que o partido não concorda, não subscreve e não apoia esta indicação e o Governo que o líder socialista vai chefiar.

"Respeitamos a decisão do Presidente da República, que como é óbvio teve que encontrar uma solução de recurso, mas não queremos deixar de sublinhar que esta solução não conta com o nosso apoio político", afirmou Marco António Costa, que acusou o Partido Socialista de criar uma crise política com o único objectivo de chegar ao poder. "Esta opção foi tomada apesar dos esforços do PSD e do CDS para criar uma maioria maior de inspiração europeia que apoiasse no Parlamento a escolha dos portugueses."

A democracia foi encurralada e a vontade dos portugueses foi subvertida. 

Marco António Costa

O vice-presidente social-democrata lamenta que o PS tenha preferido "aliar-se à esquerda radical" para derrubar, no Parlamento, um "Governo legítimo". Agora, acrescentou Marco António Costa, "cabe ao PS responder perante o país e assumir as suas responsabilidades".

Marco António Costa falou ainda sobre os acordos assinados entre o PS e os partidos à sua esquerda, para dizer que os considera assimétricos, contraditórios e omissos sobre temas fundamentais.  

Esta tarde, às 15:15, o CDS reage à decisão do Presidente da República e às 16:00 é a vez do Bloco de Esquerda. O PS foi o primeiro partido a reagir, pela voz do seu presidente Carlos César, tendo aplaudido a decisão de Cavaco Silva. Carlos César explicou que o líder socialista pode apresentar já a lista de governantes e tomar posse até final da semana. O programa de Governo pode ser discutido no dia seguinte a ser empossado.


(Notícia actualizada às 14:02)

Ver comentários
Saber mais PSD Marco António Costa Governo António Costa Cavaco Silva Presidente da República
Outras Notícias