Política Putin acusa EUA de criarem tarifas só para travar ascensão da China

Putin acusa EUA de criarem tarifas só para travar ascensão da China

A Rússia duvida das motivações apresentadas pelos Estados Unidos para penalizar a China com tarifas. Putin defende que os Estados Unidos estão apenas a querer travar o crescimento de outros gigantes, um "saco" onde cabe também a própria Rússia.
Putin acusa EUA de criarem tarifas só para travar ascensão da China
reuters
Negócios 20 de junho de 2019 às 14:57

O presidente russo, Vladimir Putin, defende que o objetivo dos Estados Unidos com a aplicação de tarifas sobre as importações chinesas é travar o crescimento da economia chinesa. Washington terá procurado o mesmo efeito na Rússia através de outras sanções.

 

"O que querem eles fazer? Querem abrandar a ascensão da China. O mesmo está a acontecer no caso da Rússia e assim vai continuar", afirmou Putin, durante a emissão que faz anualmente na televisão russa. "Se queremos marcar posição neste mundo só temos de ser fortes, particularmente na economia", acrescentou.

 

Aquando da imposição da primeira tranche de tarifas à China, no início de 2018, os Estados Unidos justificaram esta ação como forma de punir práticas comerciais consideradas injustas por Washington, uma versão que mantém. A China também é acusada pela administração de Trump de roubo de propriedade intelectual e espionagem.

 

No que diz respeito à Rússia, a mais recente ameaça recebida da parte da Casa Branca foi a da aplicação de sanções no caso de a construção de um gasoduto entre o gigante de Leste e a Alemanha se concretizasse. Este projeto, conhecido por Nord Stream 2, planeia reforçar o abastecimento de gás natural proveniente da Rússia na Alemanha. Na altura em que proferiu as ameaças, contudo, Trump não foi claro em relação a qual dos dois países – ou se seriam ambos – a sofrer as sanções.  

 

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI