Política Rui Rio: "Não vou fazer de conta que nada está a acontecer"

Rui Rio: "Não vou fazer de conta que nada está a acontecer"

O presidente do PSD vai reagir "em breve" ao desafio lançado por Montenegro: a marcação de eleições diretas.
Rui Rio: "Não vou fazer de conta que nada está a acontecer"
Sábado 11 de janeiro de 2019 às 20:52

O presidente do PSD, Rui Rio, prometeu reagir "em breve" ao anúncio da candidatura de Luís Montenegro à liderança do partido. Em declarações aos jornalistas, no final de uma reunião com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Porto, o líder social-democrata não explicou, porém, qual o teor da resposta.

"Não vou fazer de conta que nada está a acontecer. Isso seria uma hipocrisia", disse Rio. Quando questionado sobre o desafio de Montenegro – a marcação de eleições diretas – a resposta foi mais evasiva: "era corredor dos 100 metros aos 20 anos, agora sou mais corredor de fundo. Melhor, de meio fundo".

Esta sexta-feira, o antigo líder parlamentar Luís Montenegro anunciou a sua candidatura à liderança do PSD, justificando a decisão a meio do mandato de Rio com uma "grave e brutal" alteração de circunstâncias, defendendo ser necessário salvar o partido "do abismo" e prometendo "um tempo de esperança".

Numa declaração no Centro Cultural de Belém, o antigo líder parlamentar social-democrata recordou ter sempre defendido que "os mandatos devem ir até ao fim", acrescentando que mantém essa posição "em circunstâncias normais". "Mas já não estamos a viver uma situação normal. Houve uma brutal e grave alteração de circunstâncias em relação à eleição de há um ano (...) É preciso e urgente mudar este estado de coisas, é preciso salvar o PSD do caminho para o abismo em que ele está mergulhado", justificou.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI