Política Seguro defende união que "mobilize os portugueses em torno de futuro governo"

Seguro defende união que "mobilize os portugueses em torno de futuro governo"

O secretário-geral do PS defendeu uma união “em torno de um futuro governo competente, credível, que mobilize os portugueses e seja capaz de defender os interesses de Portugal”, por oposição a um governo sem voz na Europa.
Seguro defende união que "mobilize os portugueses em torno de futuro governo"
Bruno Simão/Negócios
Lusa 20 de julho de 2013 às 16:16

“Nós precisamos de união aqui em Matosinhos, como precisamos de união em Portugal. Não uma união em torno de uma má estratégia mas a união em torno de uma boa estratégia. Não uma união em torno de uma política que visa o empobrecimento, mas uma união em torno de uma política que aposta no crescimento económico e que aposta no emprego”, afirmou António José Seguro, secretário-geral do Partido Socialista, este sábado, durante o discurso de apoio ao candidato socialista a Matosinhos.

 

E acrescentou: “Não a união em torno de um Governo que não tem voz na Europa, mas a união em torno de um futuro governo competente, credível e de confiança que mobilize os portugueses e que seja capaz de defender os interesses de Portugal junto dos parceiros europeus”.

 

Seguro assinalou ainda que, “ao longo desta semana, ficou mais nítido, ficou mais vincado que existem duas propostas distintas, duas propostas alternativas para governar Portugal: uma, a proposta do PSD e do CDS, outra, a nossa proposta, a proposta do Partido Socialista”.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI