Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro: "É urgente que o primeiro-ministro convoque a concertação social para debater o aumento salário mínimo"

"Já passaram dois dias [desde que Passos Coelho admitiu discutir o aumento do salário mínimo] e o primeiro-ministro ainda não convocou a concertação social". Para António José Seguro "é urgente" que este encontro seja convocado.

Bruno Simão/Negócios
Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 08 de Abril de 2014 às 17:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 37
  • ...

O líder socialista defendeu esta terça-feira, 8 de Abril, que o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho já devia ter convocado uma reunião da concertação social para debater o aumento do salário mínimo. "Com as palavras do primeiro-ministro todo o cuidado é pouco e já passaram mais de dois dias e o primeiro-ministro ainda não convocou a concertação social", afirmou António José Seguro referindo-se ao facto de Pedro Passos Coelho ter admitido este domingo, 6 de Abril, levar para cima da mesa da concertação social a discussão do aumento do salário mínimo nacional e a revisão das condições da negociação colectiva.

 

No entender do secretário-geral do Partido Socialista, o aumento do salário mínimo nacional – actualmente nos 485 euros – já deveria ter acontecido, recusando, porém, revelar qual o aumento que o seu partido defende. "Não vou entrar numa guerra de números sobre o valor que deveria ser o salário mínimo nacional", disse o líder socialista.

 

A CIP tem-se mostrado disponível para aceitar um aumento do salário mínimo nacional para os 500 euros em Outubro, no âmbito de um acordo de médio prazo dependente de indicadores objectivos, como a produtividade.

 

Os parceiros sociais vão ser recebidos esta quarta-feira, 9 de Abril, pelo primeiro-ministro para abordar o período pós-troika. 

Ver comentários
Saber mais Pedro Passos Coelho António José Seguro salário mínimo nacional
Mais lidas
Outras Notícias