Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro foi ao Banco de Portugal “com preocupações” e saiu mais descansado

o líder do PS esteve reunido com Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, para falar da situação do sistema bancário. Reconhece que os esclarecimentos de Carlos Costa foram no sentido de "diminuir as preocupações".

Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria afaria@negocios.pt 09 de Julho de 2014 às 19:37

António José Seguro, líder do Partido Socialista, entrou "com preocupações" para a reunião agendada para a tarde desta quinta-feira com o governador do Banco de Portugal, mas saiu mais descansado.

 

"Solidez e robustez [do sistema bancário]. Foi isso que me trouxe aqui, nomeadamente depois das notícias que vieram a público", disse Seguro aos jornalistas, à saída do encontro com Carlos Costa. "A minha responsabilidade é vir recolher informação para que as preocupações que criei possam ser resolvidas".

 

E foram, segundo o líder socialista. "Os esclarecimentos que recebi do senhor governador são no sentido de diminuir as minhas preocupações", garantiu.  

 

Questionado sobre o eventual risco sistémico decorrente da crise no BES, Seguro escusou-se a uma resposta directa. "Todas as minhas declarações são no sentido de ajudar a resolver problemas e não a adensar problemas", referiu.

 

O encontro com o governador do Banco de Portugal aconteceu a pedido do próprio líder socialista. No fim-de-semana, António José Seguro anunciou que pretendia reunir-se com Carlos Costa para falar da situação do sistema bancário em Portugal, em particular do Banco Espírito Santo (BES).

 

Depois de terem sido anunciadas as mudanças propostas para o conselho de administração do BES, António José Seguro associou os nomes escolhidos – Vítor Bento, João Moreira Rato e Paulo Mota Pinto – "à actual maioria política" e frisou que "a política não pode permitir a promiscuidade entre os negócios, os interesses e a vida pública". 

Ver comentários
Saber mais António José Seguro líder do Partido Socialista governador do Banco de Portugal Carlos Costa BES
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio