Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sócrates crítica burocracia de Bruxelas

No dia em que foram apresentadas 12 medidas de financiamento, simplificação e novos concursos no âmbito da estratégia para a aceleração da execução de projectos empresariais incluídos nos QREN, José Sócrates criticou a burocracia de Bruxelas.

João Carlos Malta joaomalta@negocios.pt 14 de Julho de 2010 às 13:47
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
“Quisemos fazer um Simplex do QREN mas não pudemos ir tão longe quanto queríamos. A burocracia não existe só em Portugal. Bruxelas pede meças a qualquer país no mundo”, afirmou Sócrates.


Reconhecendo as dificuldades de financiamento dos empresários portugueses, o primeiro-ministro, salientou a importância destas linhas de apoio que no total contabilizam mais de mil milhões de euros e salientou que “não são uma bola de cristal mas ajudam”.

“Se há coisa importante na forma como se ataca uma crise é a atitude psicológica”, disse Sócrates, salientando ainda os números do Banco de Portugal em relação à exportação de serviços que em Maio aumentaram 6%.

Já Vieira da Silva mostrou-se empenhando em aumentar a taxa de execução dos projectos do QREN que actualmente se cifra em 22% (517 milhões de euros).

O ministro da Economia espera que o QREN Investe no valor de 800 milhões e a linha de capital de risco orçada em 274 milhões dêem um novo impulso à concretização dos projectos já aprovados.

Ver comentários
Outras Notícias