Política Socialistas querem que Governo divulgue cortes no Estado antes das autárquicas

Socialistas querem que Governo divulgue cortes no Estado antes das autárquicas

O PS colocou várias perguntas ao Executivo de Passos Coelho sobre os cortes inseridos na reforma do Estado, nomeadamente qual a sua dimensão e em que áreas vão ocorrer. Os portugueses estão a ser “massacrados” com fugas de informação sobre o tema, acusou João Ribeiro.
Socialistas querem que Governo divulgue cortes no Estado antes das autárquicas
Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro 06 de agosto de 2013 às 13:07

Além de pedir uma posição de Passos Coelho relativa à confiança que tem na equipa que está à frente do Ministério das Finanças, o Partido Socialista quer que o Governo anuncie quais os cortes no Estado que vai levar a cabo. E quer essa divulgação “rapidamente”. O prazo é antes das eleições autárquicas, a 29 de Setembro.


“O primeiro-ministro deve responder com urgência a: qual a dimensão dos cortes, em que áreas, como afectarão a vida dos portugueses, qual o impacto dos cortes na economia e no desemprego, com base em que estudos estão a ser decididos os cortes”, disse João Ribeiro numa conferência de imprensa esta terça-feira no Largo do Rato, morada da sede socialista.

 

O pedido de esclarecimento, “com urgência”, foi feito num dia em que vários jornais, incluindo o Negócios, deram conta de que o Governo está a ultimar os pormenores para o corte de até 10% do valor das pensões do Estado.

 

Na semana passada, o Governo prometeu para “muito em breve” a apresentação da reforma do Estado, que deveria incluir os cortes na despesa de 4,7 mil milhões de euros, embora esteja a ser noticiado, nomeadamente pelo “Expresso”, que o montante a cortar nas contas públicas seja mais reduzido. O fluxo noticioso sobre vários cortes, seja no curto ou no médio prazo, tem sido intenso e é nesse sentido que o PS pede esclarecimentos.

 

Para João Ribeiro, os portugueses “têm sido massacrados com notícias de cortes, fugas de informações” e é importante saber, defende, qual a razão para mais cortes.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI