Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sócrates diz que críticas de Ana Gomes foram "repugnantes" e fazem "jogo da direita"

O ex-primeiro-ministro José Sócrates considerou "absolutamente repugnantes" as críticas da eurodeputada socialista Ana Gomes sobre a sua presença num evento partidário, acusando-a de fazer o "jogo da direita, que pretende uma condenação sem julgamento".

José Sócrates
Lusa 23 de Setembro de 2016 às 20:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 44
  • ...

"Já me habituei a ser insultado por muitos dos meus adversários políticos e por todos aqueles que pretendem fazer uma condenação sem julgamento, mas nunca pensei que dentro do PS alguém [eurodeputada Ana Gomes] pudesse dizer coisas daquelas, insultando um camarada seu e fazendo o jogo dessa direita que pretende fazer uma condenação sem julgamento. A coisa mais horrorosa que há são esses comportamentos", afirmou esta sexta-feira José Sócrates aos jornalistas no final da Universidade de Verão, promovida pelo Departamento Federativo das Mulheres Socialistas (DFMS) da FAUL.

 

Em causa estão as críticas de Ana Gomes sobre a presença de José Sócrates neste evento institucional do PS - nas quais acusou a federação de Lisboa do partido de conivência com as "efabulações" do ex-primeiro-ministro - tendo o antigo governante considerado estas declarações "absolutamente repugnantes".

 

"O que eu acho que os portugueses esperam é que o Ministério Público se explique, é que o Ministério Público não abuse dos seus poderes. O Ministério Público não tem o direito de fazer o que está a fazer, portanto, neste momento quem está sob suspeição é o Ministério Público", respondeu ainda aos jornalistas quando questionado sobre o processo Operação Marquês, no qual foi constituído arguido em 2014 e chegou a estar preso preventivamente.

 

O ex-primeiro-ministro respondeu aos críticos e foi peremptório: "eu nunca abandonei a vida política e só abandono a política quando eu quiser e não quando outros pretenderem uma espécie de ostracismo cívico". "Devem ter estado distraídos, porque participei em imensos eventos do PS por todo o país nos últimos dois anos", atirou.

Ver comentários
Saber mais Ana Gomes José Sócrates política Operação Marquês Ministério Público PS
Mais lidas
Outras Notícias