Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teixeira dos Santos acusa Governo de acenar com descida de impostos devido às autárquicas

Antigo ministro das Finanças não acredita que seja possível descer a carga fiscal nessa altura e acusa o seu sucessor de querer causar boa impressão no exterior, subavaliando o impacto das medidas de austeridade na economia.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 26 de Junho de 2013 às 22:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...

Teixeira dos Santos deu esta noite a primeira entrevista desde que deixou a pasta das Finanças do Governo de Sócrates, tendo acusado o executivo de Passos Coelho de estar a acenar com uma descida de impostos devido à proximidade das eleições autárquicas, marcadas para Setembro.

 

“Neste momento será difícil” ocorrer uma redução e impostos, disse Teixeira dos Santos em entrevista à TVI.

 

Convidado a comentar a actuação do seu sucessor, Vítor Gaspar, o ex-ministro das Finanças reconheceu a “dificuldade da sua missão”, mas preocupou-se mais em “causar boa impressão no início” na frente externa, tendo subavaliado “o impacto negativo dessa ambição” no desemprego e na receita fiscal.

 

Este facto e depois do “episódio da TSU cortou o elo de confiança entre os portugueses e o governo em geral”, o que terá dificultado a recuperação da nossa economia.

 

Questionado sobre se se arrepende de alguma das medidas que tomou, Teixeira do Santos citou duas – descida da taxa máxima do IVA em 2008 e subida dos salários da função pública em 2009. Contudo, adianta que “é fácil agora tirar essa conclusão”, pois “temos que governar e tomar decisões com base em informações que temos nesse momento”.

 

Na mesma entrevista à TVI, Teixeira dos Santos recusou um regresso à vida política. “O meu envolvimento na vida política foi longo e suficiente. Creio que prestei um serviço ao país”, adiantou.

 

Ver comentários
Saber mais Teixeira dos Santos impostos
Outras Notícias