Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trabalhadores da RTP defendem Canal Parlamento em sinal aberto

A Comissão de Trabalhadores da RTP defendeu hoje que, em defesa da democracia, o Canal Parlamento deve ser emitido em sinal aberto na Televisão Digital Terrestre (TDT) em vez de ficar integrado nos pacotes pagos de cabo.

Lusa 12 de Janeiro de 2012 às 20:13
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
"Na era da TDT não é legítimo que os eleitores tenham de continuar a pagar para ouvirem os seus representantes. O Canal Parlamento não pode continuar nos pacotes pagos da televisão por cabo", disse hoje em comunicado a Comissão de Trabalhadores da RTP.

Para os representantes dos funcionários da empresa pública de comunicação social, o progresso tecnológico que constitui a TDT também deve "trazer consigo progresso social", pelo que a "primeira instituição a querer utilizar esse progresso para chegar a casa dos cidadãos deve ser o Parlamento" de modo a que o que é discutido na Assembleia da República se torne "acessível ao público telespectador".

A Comissão de Trabalhadores acrescenta que esta decisão ainda se torna mais "urgente" perante a "obstinação do Governo em compactar num só canal de serviço público tudo o que até agora vem sendo emitido em dois" o que, argumentam, dificulta o acesso à "informação em sinal aberto sobre a actividade parlamentar".

Neste sentido, os trabalhadores da RTP apelam aos partidos representados no parlamento para "aprovarem com a maior urgência a legislação necessária para que o Canal Parlamento passe a ser acessível em sinal aberto a todos os portugueses".

Esta quinta-feira foi marcada pela cerimónia de desligamento do sinal analógico do emissor de Palmela, o primeiro passo para entrada da TDT em Portugal, dez anos depois de a primeira tentativa da Televisão Digital Terrestre (TDT) ter falhado.

Ver comentários
Saber mais TDT Parlamento canal aberto RTP
Outras Notícias