Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trump volta a ameaçar com estado de emergência para ter dinheiro para muro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou esta sexta-feira que poderá declarar estado de emergência nacional para conseguir os fundos necessários para construir o muro ao longo de toda a fronteira com o México. Já no início do ano tinha feito essa ameaça.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 01 de Fevereiro de 2019 às 19:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Donald Trump está a pensar noutra estratégia, em vez do "shutdown", para conseguir obter o financiamento necessário à construção de um muro ao longo da fronteira sul dos EUA com o México: declarar estado de emergência nacional.

 

Em inícios de janeiro, o presidente norte-americano tinha já brandido esta ameaça. Entretanto, decorria a paralisação dos serviços públicos federais, que durou 35 dias. Faz hoje uma semana Trump e o Congresso chegaram a acordo para pôr fim ao "shutdown", pelo menos durante três semanas (até 15 de fevereiro).

 

O acordo foi conseguido através de um financiamento temporário que permitiu a normalização dos serviços públicos enquanto prosseguem as negociações sobre como garantir a segurança da fronteira dos EUA com o México.

 

Trump ameaçou impor novo "shutdown" a partir dessa data se não lhe dessem o dinheiro que pretende para a construção do muro. Mas agora está a pensar declarar estado de emergência nacional, refere a Reuters.

 

O chefe da Casa Branca pretende ver aprovado pelo Congresso (Senado e Câmara dos Representantes) um pacote de 5,7 mil milhões de dólares para o muro que quer construir para travar a entrada de imigrantes ilegais.

 

Donald Trump continua decidido a usar o seu poder de veto sobre qualquer lei de financiamento federal aprovada no Congresso que não contemple o dinheiro que pretende para o prometido muro.

 

Uma possibilidade que surgiu entre os democratas foi a de dar a Trump a maior parte – ou mesmo a totalidade – do dinheiro que o presidente quer, mas que não pudesse ser usado na construção do muro. Ou seja, que contribuísse para reforçar a segurança na fronteira com o México, mas de outra forma: com a aposta em ferramentas tecnológicas, como drones e sensores, bem como com o destacamento de mais agentes da patrulha fronteiriça.

 

Mas o presidente dos EUA continua a dizer que quer esses fundos para construir o muro. E por lei, recorrendo à emergência nacional, poderá fazê-lo.

Ver comentários
Saber mais Donald Trump Senado e Câmara dos Representantes México EUA Congresso
Mais lidas
Outras Notícias