Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TSU: António Costa recebe patrões ao final da tarde

Confederações patronais são recebidas em São Bento às 18:30, depois da revogação do desconto da taxa social única, que elimina um dos pilares do acordo de concertação social.

Bruno Simão/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 21
  • ...

As confederações patronais e os sindicatos são recebidos ao final da tarde pelo primeiro-ministro, António Costa, em São Bento, após a revogação do desconto na taxa social única que constava do acordo de concertação social, soube o Negócios junto de várias fontes.

No encontro marcado para as 18:30 o primeiro-ministro deverá apresentar as alternativas ao desconto da taxa social única, que tal como o Negócios explica na edição desta quarta-feira passam por reduções no pagamento especial por conta (PEC). Trata-se de uma reunião de trabalho, não estando previstas declarações à imprensa.

Os patrões têm também reclamado alterações ao fundo de compensação do trabalho, que obriga as empresas a pagar uma espécie de segunda taxa social única para as novas contratações (1%), bem como alterações ao próprio IRC e tributações autónomas

Além dos patrões foram também chamados os sindicatos. A CGTP também está na reunião, confirmou o Negócios junto de fonte oficial.

Esta terça-feira, durante o debate sobre o desconto de 1,25 pontos na taxa social única, o líder parlamentar do PS, Carlos César, admitiu que a alternativa possa surgir no âmbito de um novo acordo de concertação social.

O debate foi pedido pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP, que requereram a apreciação parlamentar do diploma. O decreto-lei foi revogado com a ajuda decisiva dos votos do PSD.

Notícia actualizada pela última vez às 18:38, explicando que os sindicatos também foram chamados a São Bento.

 

Ver comentários
Saber mais Concertação social salário mínimo legislação laboral António Costa
Mais lidas
Outras Notícias