Eleições Bersani diz que Itália está numa situação muito delicada

Bersani diz que Itália está numa situação muito delicada

O chefe da coligação da esquerda italiana considerou que o país está "em situação muito delicada", depois das eleições legislativas realizadas no domingo e na segunda-feira, que se saldaram pela ausência de maioria clara no Senado.
Lusa 26 de fevereiro de 2013 às 00:13

"A esquerda ganhou na Câmara dos Deputados e mesmo no Senado, em número de votos. É evidente para todos que o país enfrenta uma situação delicada", disse Pier Luigi Bersani, na noite de segunda-feira, na sua primeira reacção ao escrutínio.

 

Segundo os últimos resultados eleitorais, a esquerda obtém a maioria dos lugares na Câmara dos Deputados, mas não no Senado, apesar de também aqui ter conseguido a maioria dos sufrágios. "Vamos gerir a responsabilidade que estas eleições nos deram no interesse da Itália", acrescentou Bersani.

 

A Itália vai encontrar-se hoje perante uma situação inédita no país, com uma maioria de esquerda na Câmara dos Deputados e a inexistência de uma maioria no Senado.




Marketing Automation certified by E-GOI