Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Melo pressiona Cristas: "Tem condições para resultado histórico" em Lisboa

O dirigente do CDS-PP eleva a fasquia para a noite eleitoral das autárquicas, encaradas como um teste a robustez da liderança do partido.

Negócios jng@negocios.pt 12 de Setembro de 2016 às 11:52
  • Partilhar artigo
  • 38
  • ...

Assunção Cristas decidiu avançar como candidata à Câmara de Lisboa nas eleições autárquicas de 2017 e Nuno Melo, um dos nomes que chegou também a ser equacionado para a sucessão de Paulo Portas, já começou a colocar pressão em cima da presidente do partido.

 

"Acho que Assunção Cristas, pelas características pessoais, pelo peso político e pelas pessoas que tem em Lisboa e que poderá levar consigo, tem condições para conseguir um resultado histórico para o CDS", declarou o eurodeputado centrista, citado pelo jornal i.

 

O avanço autárquico da nova presidente do partido, eleita em Março sem oposição, é apontado por fontes do partido como "uma decisão pessoal" e explicado como uma forma de afirmar-se como líder, aumentar a notoriedade e também testar o seu capital político e mostrar o seu valor em votos.

 

Ora, o próprio Nuno Melo coloca desde já a fasquia para uma noite eleitoral que só terá lugar no Outono do próximo ano: a antiga ministra da Agricultura só poderá reclamar vitória se alcançar "o que o CDS conseguiu em anteriores eleições" na capital. Em 2001, Portas recolheu 7,55% dos votos e, quatro anos depois, Maria José Nogueira Pinto conquistou um lugar na vereação com 5,92%.

 

No anúncio oficial da candidatura, feito num comício em Oliveira do Bairro, no distrito de Aveiro, Assunção Cristas reconheceu "a dificuldade do desafio autárquico" para o CDS-PP e preferiu destacar que é candidata em Lisboa para "dar o exemplo" no que toca à mobilização do partido.

 

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, disse que a estratégia do PSD "não passa por fazer a sua escolha nesta altura", frisando que terá "oportunidade de conversar com o CDS-PP e ver quais são as candidaturas que [partilharão]" nas autárquicas de 2017. Já o líder da concelhia social-democrata de Lisboa recusou "qualquer potencial coligação" encabeçada por Cristas.

Ver comentários
Saber mais Política eleições autárquicas CDS-PP Assunção Cristas Nuno Melo Lisboa candidatura liderança Passos Coelho PSD
Outras Notícias