Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos dá por encerrado caso da "ocultações das nomeações" e promete não nomear "boys" do PSD

O líder do PSD deu hoje por encerrado o caso da "ocultação das nomeações", que chegaram às "dezenas", mas fez questão de prometer que não andará a nomear "boys" sociais-democratas caso vença as eleições.

Lusa 24 de Maio de 2011 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 28
  • ...
"Nem iremos ocultar as nomeações que vamos fazer, porque não vamos andar a nomear os 'boys' do PSD, vamos nomear aqueles que são capazes e competentes em Portugal", afirmou o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, durante um almoço em Portalegre.

Logo pela manhã, Passos Coelho já tinha falado à comunicação social sobre este 'caso' que dominou o segundo dia da campanha eleitoral, na segunda-feira, considerando que "o país entendeu bem o que se passou".

Recordando que depois de ter revelado que tinha recebido denúncias sobre a existência de nomeações para cargos intermédios da Administração Pública que estavam a ser "ocultados pelo Governo", Passos Coelho vincou a forma como a questão foi tratada pelo Governo ao longo do dia.

Primeiro, lembrou, o secretário-geral do PS disse que "não era assim", mas depois o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros veio admitir que afinal "eram só seis" nomeações.

"Se eram [nomeações] tão importantes e naturais, porque foi dada instrução à Imprensa Nacional Casa da Moeda para não informar o país dessas nomeações? Isso deixa-nos suspeitas", referiu, adiantando que o PSD sabe que "houve mais nomeações".

Aliás, acrescentou o líder social-democrata, nos próximos dias a comunicação social irá aperceber-se "das dezenas de nomeações que foram feitas e que foram ocultadas" pelo Governo.

"Eu, por mim, dou o caso por encerrado, porque já se percebeu que o Governo faz uma coisa e diz outra", salientou.

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho PSD Eleições José Sócrates
Outras Notícias