Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos diz não ter "nenhuma resposta" para acusação de apelo "patético" deixada por Sócrates

O líder do PSD disse hoje não ter "nenhuma resposta" para dar ao secretário-geral do PS, que considerou "patético" o apelo de Passos Coelho para captar o voto do eleitorado na área socialista.

Lusa 30 de Maio de 2011 às 16:08
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
Questionado sobre que resposta dá às acusações deixadas esta manhã por José Sócrates, o líder social-democrata disse apenas não ter "nenhuma resposta".

"Não dou nenhuma, nenhuma resposta", afirmou Passos Coelho, que falava aos jornalistas à saída de um almoço em Ponte de Lima.

O secretário-geral do PS fez hoje um discurso duro contra o presidente do PSD, considerando "patético" o apelo de Pedro Passos Coelho para captar o voto do eleitorado na área socialista para um projecto ultra liberal.

Depois de acusar Passos Coelho de ser um político "hesitante" e "sem convicções", referiu-se directamente ao apelo que o líder social-democrata fez aos eleitores de centro esquerda.

"Deixem-me ver bem se eu entendi, então ele [Passos Coelho] quer que os socialistas votem nele para termos outro referendo sobre interrupção voluntária da gravidez, para privatizar o Serviço Nacional de Saúde, para pôr em causa a escola pública e para acabar com a proibição dos despedimentos sem justa causa? Acho que este apelo é apenas patético, porque já tinha visto muita coisa na vida política portuguesa, mas agora que se apelasse aos socialistas para fazerem um voto inútil contra tudo aquilo em que acreditam é que nunca tinha visto na minha vida", disse.

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho Apelo patético Voto Sócrates Eleições Política
Outras Notícias