Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos: "Responsabilizar o futuro Governo exige uma votação inequívoca"

Passos Coelho considera que os últimos resultados de sondagens "é um alerta importante" para o próprio PSD, que ainda tem trabalho pela frente. E apelou ao voto, considerando que será preciso "uma votação inequívoca".

Vídeo RTP | Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Maio de 2011 às 20:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
As últimas sondagens, publicadas hoje, voltam a dar um empate técnico entre o PSD e o PS.

Em declarações à RTP, Passos Coelho diz que tem “encontrado uma confiança crescente” nos últimos dias, com a sensação de que as pessoas se estão a “libertar” do “medo quanto à mudança que o PSD pode trazer” e que tem sido sobejamente sublinhado pelo PS.

“Este resultado é um alerta importante, para as pessoas do PSD que não podem desvalorizar o trabalho que ainda têm pela frente. Mas também para o País”, salientou.

“Se queremos responsabilizar o futuro Governo exige-se também uma votação inequívoca”, alerta.

“Nós só seremos Governo se essa for a vontade dos portugueses”, reiterou o líder do PSD, adiantando que não vai constituir um Executivo se “não for o candidato mais votado”.

Passos Coelho salientou a necessidade de “fazer uma mudança séria no País.”

A sondagem da Universidade Católica para a RTP, “Diário de Notícias” e Antena 1, dão um empate com 36% das intenções de voto para o PSD e o PS.

Já o inquérito da Eurosondagem para a SIC e “Expresso” dão vitória do PSD com 33,1% das intenções de voto, contra 32,6% do PS. O que significa um empate técnico.

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho eleições política economia sondagens
Outras Notícias