Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD acredita que Nobre vai renunciar ao mandato de deputado

Após ser "chumbado" para presidente da Assembleia da República, Fernando Nobre faltou ao debate do Programa do Governo, que teve lugar na quinta e sexta-feira. Na bancada social-democrata espera-se que o deputado já não volte, noticia o "Diário de Notícias".

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 04 de Julho de 2011 às 08:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
"Fernando Nobre faltou aos dois dias do debate do Programa de Governo, alegando doença, mas na convicção de vários dirigentes da bancada do PSD, o mais provável é que já não volte, estando-se a preparar para renunciar ao mandato", avança a edição de hoje o "Diário Notícias".

No dia da votação para presidente da Assembleia da República, e após o seu nome ter sido chumbado duas vezes pelo Parlamento, Fernando Nobre assegurou que iria exercer a "funções de deputado".

No entanto, durante a campanha eleitoral, Nobre afirmou que renunciaria ao cargo de deputado caso não fosse eleito para presidente da Assembleia da República. "Se, seja por que razão for, não puder ser nomeado presidente da Assembleia da República, renuncio imediatamente ao mandato de deputado. Não serei só um deputado", sublinhou numa entrevista concedida ao "Expresso" a 16 de Abril.

Fernando Nobre rejeitou, na altura, que o facto de não ficar como deputado fosse falta de humildade democrática, salientando que deixou "bem claro" que não está a candidatar-se a deputado. "Aceitei uma função em que poderei exercer uma acção marcante. Poder ser presidente é uma mensagem para a sociedade civil: um independente pode chegar a um alto cargo no Estado, onde pode marcar."
Ver comentários
Saber mais Fernando Nobre Assembleia da República deputado PSD
Outras Notícias