Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vídeo: Portugal precisa de começar a debater saída da zona euro

Com a adesão à moeda única, Portugal perdeu "mecanismos de flexibilidade monetária e de adaptação" que seriam importantes numa crise, diz o líder do PCP.

Lusa 30 de Maio de 2011 às 07:45
  • Partilhar artigo
  • 27
  • ...
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, defendeu a saída de Portugal da zona euro de uma forma que "salvaguarde o interesse nacional", afirmando que é preciso começar a debater essa saída.

"É um grande debate nacional que é preciso travar na sociedade portuguesa", disse Jerónimo de Sousa em entrevista à Agência Lusa, frisando que o PCP faz essa defesa "com grande sentido de responsabilidade".

O principal, indicou, seria "não admitir que se vejam livres de nós, ou seja, que depois de nos terem roído a carne, agora ficássemos só com os ossos".

Jerónimo de Sousa afirmou que os comunistas alertaram, desde a adesão à União Europeia -- à altura Comunidade Económica Europeia -- para os riscos de pertencer e da moeda única.

O secretário-geral comunista afirma que se baseia numa "avaliação objectiva, sem carga ideológica", para concluir que "a História" acabou por dar razão ao PCP.

Com a adesão à moeda única, Portugal perdeu "mecanismos de flexibilidade monetária e de adaptação" que seriam importantes numa crise.

"Se tivéssemos essa capacidade, não estaríamos como estamos", assegurou.

Outros alertas foram dados: "perda de competitividade, desmontar do aparelho produtivo, daquilo que sabíamos fazer bem".

E avisou: "não venham agora aqueles que se valeram do euro", referindo-se nomeadamente à Alemanha, querer "expulsar sem condições" países como Portugal, "com todas as consequências que isso teria".

Ver comentários
Saber mais Jerónimo de Sousa
Outras Notícias