Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Legislativas: Governo assinala aumento de 100.000 votantes no estrangeiro

Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros indicou que "257.791 eleitores no estrangeiro votaram para a eleição da Assembleia da República de 30 de janeiro de 2022, o que representa um aumento de cerca de 100.000 votantes face às eleições legislativas de 2019, que somaram 158.252 votantes".

Lusa
Lusa 10 de Fevereiro de 2022 às 22:51
  • Partilhar artigo
  • ...
O Governo assinalou hoje um aumento de 100.000 votantes no estrangeiro nas eleições legislativas de 30 de janeiro, face às de 2019, para um total de 257.791 eleitores.

Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros indicou que "257.791 eleitores no estrangeiro votaram para a eleição da Assembleia da República de 30 de janeiro de 2022, o que representa um aumento de cerca de 100.000 votantes face às eleições legislativas de 2019, que somaram 158.252 votantes".

Estes dados correspondem ao escrutínio provisório, sendo que os dados definitivos serão ainda publicados em Diário da República.

Já no que se refere aos eleitores inscritos, a participação aumentou de 10,79% em 2019 para 16,94% no corrente ano.

Por país, destaca-se França com o maior número de votantes (69.890), seguido pela Suíça (41.532) e o Brasil (34.915).

Do total de eleitores no estrangeiro, 2.872 optaram pelo voto presencial. No entanto, entre 29 e 30 de janeiro, votaram em 82 dos 90 postos consolares 1.334 eleitores.

Os votos dos emigrantes nas legislativas deram mais dois deputados ao PS e dois deputados ao PSD, segundo os resultados publicados hoje pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI).

De acordo com a SGMAI, foram 34 consulados apurados e a contagem está terminada. Faltava eleger quatro deputados, que foram agora distribuídos.

O PS teve 37,72% e PSD 28,40% dos votos, enquanto o Chega terminou como terceira força política com 9,86%.

Ver comentários
Saber mais PS PSD política eleições
Outras Notícias