26 de maio de 2019 às 21:04
Verdes europeus falam em "grande confiança política"

O Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia classificou hoje os resultados da bancada nas eleições como um gesto de "confiança política" dada por eleitores em vários Estados-membros, nomeadamente na Alemanha e a Irlanda, segundo as primeiras projeções.

"É uma grande celebração e é também uma grande responsabilidade. Temos agora uma grande tarefa, de pôr em ação o que as pessoas nos pediram: políticas ambientais, justiça social e respeito pelo Estado de Direito", afirmou Ska Keller, copresidente do grupo, que falava no Parlamento Europeu, em Bruxelas, nas primeiras reações da noite eleitoral. Para a responsável (na foto com Philippe Lamberts, também copresidente), esta foi uma "grande confiança política" dada por eleitores "de vários países", nomeadamente na Alemanha e na Irlanda, onde os respetivos partidos ecologistas são apontados como o segundo partido mais votado.

Segundo as primeiras projeções, os Verdes conseguiram, ao todo, 71 eleitos, valor que compara com 52 no mandato anterior.

Hoje foi ainda anunciado que caso o partido português PAN eleja eurodeputados ficará integrado nos Verdes europeus.