Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Diogo Feio (CDS-PP) mantém expectativa da eleição de dois eurodeputados

O número dois da lista do CDS-PP às europeias, Diogo Feio, reiterou hoje que para a sua lista eleger menos do que dois eurodeputados será uma derrota.

Negócios negocios@negocios.pt 07 de Junho de 2009 às 21:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O número dois da lista do CDS-PP às europeias, Diogo Feio, reiterou hoje que para a sua lista eleger menos do que dois eurodeputados será uma derrota.

Questionado sobre o que considera um resultado vitorioso para o CDS-PP, Diogo Feio reiterou o que o cabeça-de-lista, Nuno Melo, tinha afirmado na campanha eleitoral.

"O cabeça-de-lista foi muito claro na expectativa da eleição de dois eurodeputados. Abaixo disso considerou que será uma derrota", disse.

O líder parlamentar do CDS-PP considerou ainda "mais do evidente que é preciso repensar as regras relativamente ao modo como as sondagens são apresentadas em períodos eleitorais", afirmou Diogo Feio, em declarações aos jornalistas.

Falando na sede do CDS-PP, em Lisboa, onde também já chegaram o mandatário nacional da candidatura democrata-cristã, António Pires de Lima, e o eurodeputado Luís Queiró, Diogo Feio frisou que durante o período de campanha eleitoral as sondagens deram ao CDS "entre dois e quatro por cento", à excepção da última para a SIC/Expresso, que dava 6,1 por cento.

Questionado sobre se aquelas sondagens prejudicaram o CDS-PP durante a campanha, Diogo Feio afirmou que, a confirmar-se que o CDS elegerá dois deputados como indicam hoje algumas projecções, "é preciso, para o futuro, pensar a sério as regras".

Ver comentários
Outras Notícias