Europeias Nuno Melo assume derrota do CDS: o "responsável sou eu"

Nuno Melo assume derrota do CDS: o "responsável sou eu"

"[O resultado] tem um responsável, sou eu", afirmou Nuno Melo aos jornalistas.
Nuno Melo assume derrota do CDS: o "responsável sou eu"
Lusa
Lusa 26 de maio de 2019 às 23:30

O cabeça de lista do CDS-PP, Nuno Melo, assumiu, pessoalmente, a responsabilidade pelo resultado do partido nas europeias, afirmando que só existe "um responsável", depois de falhar a eleição do segundo eurodeputado.

 

"[O resultado] tem um responsável, sou eu", afirmou Nuno Melo aos jornalistas, na sede nacional do partido, no final da noite eleitoral, na sede nacional do CDS-PP, em Lisboa.

 

O eurodeputado centrista garantiu que foi ele a determinar a meta para as eleições de hoje e concluiu: "Se há alguém a ser julgado sou eu", afirmou.

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, assumiu a derrota do partido nas eleições europeias de hoje, afirmando que o resultado ficou "aquém dos objetivos traçados", por eleger apenas um e não dois eurodeputados.

 

"Ficámos aquém dos objetivos traçados", afirmou Assunção Cristas no fim da noite eleitoral dos centristas, na sede nacional do partido.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI