Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resultados "confirmam que os portugueses querem uma alternativa de poder"

Foi com uma voz embargada que Manuela Ferreira Leite fez o discurso de vitória do PSD, assinalando que os resultados mostram que os portugueses querem uma alternativa de poder e que o PSD recuperou o estatuto de única alternativa ao PS .

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Junho de 2009 às 22:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Foi com uma voz embargada que Manuela Ferreira Leite fez o discurso de vitória do PSD, assinalando que os resultados mostram que os portugueses querem “uma alternativa de poder” e que o PSD “recuperou o estatuto de única alternativa ao PS”.

“Tivemos mais votos, elegemos mais deputados, o PSD ganhou estas eleições”. Foi com esta frase que Manuela Ferreira Leite começou o discurso de vitória.

Assinalou a preocupação com a elevada abstenção. Foi com uma voz embargada que assinalou a “a vitória obtida pelo PSD”, uma vitória que “muito nos estimula para prosseguir” com a “política de verdade” com os portugueses.

Para Ferreira Leite, os resultados das eleições “confirmam que os portugueses querem uma alternativa credível de poder e que o caminho que apontamos é o caminho a seguir”

Para a líder do PSD, os resultados mostram que o partido “recuperou o estatuto de única alternativa ao PS”.

“Temos que sublinhar que o PSD consolidou a posição de alternativa, partindo de uma maioria de absoluta do PS”.

“O nosso trabalho vai continuar já amanhã, em direcção aos próximos actos eleitorais, com uma determinação ainda maior, por termos podido confirmar que os portugueses acolheram a nossa mensagem e que o caminho está certo”, adiantou.

Para Ferreira Leite, os “portugueses confiaram no PSD e todo o partido estará a trabalhar amanhã para as próximas eleições”, lembrando que “os próximos votos serão para a escolha do governo nacional e local”.

Considerou que o Governo PS está com menos legitimidade para tomar decisões e que o partido liderado por José Sócrates deve retirar destes resultados “a leitura que não costuma fazer”, que são os “sinais de descontentamento da sociedade portuguesa”.









































































































Ver comentários
Outras Notícias