Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vieira da Silva reconhece penalização ao PS mas separa Governo deste acto eleitoral

O secretário nacional do PS para a Organização, Vieira da Silva, reconheceu hoje que o seu partido foi "penalizado" nas eleições europeias, mas separou-as das legislativas, dizendo que o Governo não terá que mudar de estratégia.

Negócios negocios@negocios.pt 07 de Junho de 2009 às 21:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O secretário nacional do PS para a Organização, Vieira da Silva, reconheceu hoje que o seu partido foi "penalizado" nas eleições europeias, mas separou-as das legislativas, dizendo que o Governo não terá que mudar de estratégia.

"O PS já reconheceu que estes resultados estão longe das expectativas que tinha para as eleições europeias. As indicações que temos confirmam essa situação, mas não creio, quando estamos a falar de legislativas, que tenhamos que proceder a uma alteração da nossa estratégia e linha política, porque corresponde ao que Portugal precisa face à crise que estamos a viver", declarou Vieira da Silva aos jornalistas.

Interrogado se o PS foi penalizado pelos eleitores nestas eleições europeias, Vieira da Silva confirmou essa tese, mas voltou a tentar separar o Governo deste resultado eleitoral.

"Já disse que há uma penalização da parte dos eleitores. Caso contrário, o PS teria ganho as eleições. O Governo tira sempre ilações políticas de todos os factos relevantes, mas agora estamos a comentar eleições europeias".

Ver comentários
Outras Notícias