Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos: Syriza mudou e deixou de ser anti austeridade

O presidente do PSD sustentou que o Syriza que venceu as últimas eleições gregas já não é o mesmo, deixou de ser anti austeridade e passou a defender o cumprimento do programa de resgate que negociou.

Pedro Passos Coelho é o 3.º Mais Poderoso 2015
Disse “não” a Ricardo Salgado e desencadeou uma ruptura histórica nos poderes do regime. O GES faliu, o BES ficou como “banco mau” e a PT voltou a ser uma pequena empresa de telecomunicações portuguesa agora nas mãos de franceses. Viu um ex-primeiro-ministro ser preso. E as sondagens apontam para o que nem Passo poderia esperar há um ano – a possibilidade de voltar a sair vencedor nas legislativas. A crise grega revelou contudo que o poder de Passos está sistematicamente ameaçado pelas tempestades do euro.
Lusa 23 de Setembro de 2015 às 15:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O também primeiro-ministro referiu-se à "mudança de agulha" do Syriza procurando descredibilizar o discurso contra a austeridade em Portugal e apontar as políticas aplicadas pelo Governo PSD/CDS-PP nos últimos quatro anos como a única saída para a crise.

 

Num almoço de campanha da coligação PSD/CDS-PP para as legislativas, em Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo, Passos Coelho disse que sente cada dia "uma confiança maior" nas pessoas com quem contacta e declarou ter a ambição de quebrar com décadas de "falta de visão" dos governantes e políticos em Portugal.

 

Ver comentários
Outras Notícias