Presidenciais Catarina Martins critica "ambiguidade" e "desistência" do PS nestas eleições

Catarina Martins critica "ambiguidade" e "desistência" do PS nestas eleições

A porta-voz bloquista não escondeu a satisfação por mais um bom resultado eleitoral do Bloco, mas reagiu com aspereza à posição dos socialistas nestas eleições presidenciais.
Catarina Martins critica "ambiguidade" e "desistência" do PS nestas eleições
Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago 24 de janeiro de 2016 às 23:42

Os mais de 10% alcançados pela candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, Marisa Matias, são, para a porta-voz do partido, Catarina Martins, a confirmação de que "depois das legislativas de Outubro, estas eleições confirmam o que muitos não queriam perceber: A determinação do Bloco mudou o mapa político em Portugal".

 

Já numa crítica indirecta ao facto de o PS não ter formalizado o apoio a nenhum candidato da sua área política, a líder bloquista, aproveitando para realçar a forma de actuar do seu partido, sublinhou que a "ambiguidade" e a "desistência" não são as formas de actuar do Bloco.

 

"Não desistimos da luta coerente contra a austeridade e pelo emprego", prosseguiu Catarina Martins que se regozijou com a afirmação eleitoral reafirmada neste acto eleitoral com a terceira posição, a mesma depois de em Outubro também ter sido a terceira força mais votada.

 

"O Bloco é a força fundamental para esta política de mudança", sustenta a líder do partido para quem "a razão pela qual o Bloco cresse, é que são cada vez mais os homens e mulheres que não se resignam com a pobreza e emigração".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI