Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Imprensa internacional: Cavaco Silva vence à primeira volta mas enfrenta futuro difícil

"Cavaco Silva foi reeleito para um novo mandato em que poderá, brevemente, ter que lidar com as consequências políticas de uma ajuda externa". É desta forma que o "Financial Times" olha para as eleições presidenciais em Portugal, que esta noite estão em destaque na imprensa internacional.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 23 de Janeiro de 2011 às 22:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
"Cavaco Silva foi reeleito para um novo mandato de cinco ano em que poderá ter que lidar com as consequências de uma ajuda externa", escreve o "Financial Times" na sua edição "online".

"Este resultado significa que Cavaco Silva vai manter uma coabitação difícil com o Governo minoritário de José Sócrates, numa altura em que Portugal luta para resolver a crise da dívida pública sem recorre à ajuda internacional", continua o jornal britânico.

A BBC também dá destaque à vitória de Cavaco Silva, referindo que estas eleições decorreram numa altura em que Portugal enfrenta uma crise dívida crescente.

"Apesar do papel do Presidente da República ser, em grande parte, cerimonial, Cavaco Silva apoiou o plano de austeridade do Governo socialistas", recorda a BCC, acrescentando, que apesar de ser uma figura cerimonial, Cavaco Silva tem um poder chave: "poder dissolver o parlamento".

"Com um Governo sem maioria, especula-se que Cavaco Silva, agora com um novo mandato, possa usar este poder", escreve a BBC.

Já a edição "online" do "El País" escreve que Cavaco Silva "arrasou" nas primeira volta das eleições mas destaca que a abstenção pode ser a mais elevada de sempre numa corrida presidencial. De acordo com os dados apurados até agora, a taxa de abstenção deverá ficar acima dos 53%.

O diário espanhol escreve no seu "site" que a campanha eleitoral "não despertou o interesse do portugueses". "Estes estão mais preocupados com a crise económica, o desemprego, o endividamento e as insistentes notícias que dão conta, que mais cedo do que tarde, o País vai ter que pedir ajuda à União Europeia e ao FMI para pagar as suas dívidas", refere o "El País".

O "El Mundo" destaca igualmente a elevada abstenção destas eleições presidenciais e dá conta dos problemas informáticos que ocorreram durante a tarde e que impediram muitas pessoas de votar.
Ver comentários
Saber mais Cavaco Silva Presidente da República eleições
Mais lidas
Outras Notícias