Presidenciais Marcelo diz a mulher que "vai haver justiça" para os lesados do BES

Marcelo diz a mulher que "vai haver justiça" para os lesados do BES

O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa ouviu hoje as queixas de uma mulher que declarou ser lesada do Banco Espírito Santo (BES), a quem manifestou a certeza de que "vai haver justiça" para casos como o seu.
Marcelo diz a mulher que "vai haver justiça" para os lesados do BES
Lusa 16 de janeiro de 2016 às 15:27

A mulher, peixeira, foi cumprimentada pelo candidato social-democrata no Mercado Municipal de Viseu, e aproveitou a ocasião para lhe pedir que "olhasse pelos lesados do BES", caso seja eleito Presidente da República.

 

"Trabalho muito desde as seis da manhã, a apanhar frio, para virem esses grandes e comerem o dinheiro que eu lá tinha. Não sei quem foi o responsável. Para mim, tem muito a ver com o Governo, não é só o Ricardo Salgado. Acho que o Ricardo está a ser uma cobaia no meio disso tudo", acrescentou a peixeira.

 

Na resposta, Marcelo referiu que, "no início" do processo, "quer o Banco de Portugal, quer o Novo Banco tomaram posições e publicaram comunicados a assumir responsabilidades" e foi dito "que ia ser encontrada uma solução".

 

O professor universitário de direito considerou que "a justiça em Portugal é muito lenta", mas declarou-se convicto de que "a justiça vai exercer-se".

 

"Espero bem que sim", retorquiu a peixeira, duvidosa. "Não tenho dúvidas", afirmou Marcelo. "Há compromissos, há justiça", reforçou o social-democrata.

 

A mulher contou-lhe que ela e o marido tomam antidepressivos por causa do dinheiro que perderam, e chegou mesmo a prometer "fazer 'striptease'" caso lhe resolvam o problema.

"Ah, minha filha, isso não", reagiu Marcelo, pedindo-lhe: "Aguente-se, no sentido de que vai haver justiça".

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI