Presidenciais Presidenciais: Santana Lopes perde para todos os candidatos da esquerda

Presidenciais: Santana Lopes perde para todos os candidatos da esquerda

Caso fosse a votos nas presidenciais, Pedro Santana Lopes perderia contra Maria de Belém, Vitorino e Jaime Gama. Já Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Rio venceriam qualquer um deles.
Presidenciais: Santana Lopes perde para todos os candidatos da esquerda
Bruno Simão/Negócios
Bruno Simões 10 de fevereiro de 2015 às 19:30

As conclusões da sondagem "Putativos candidatos presidenciais", elaborada pela Aximage para o Negócios e para o Correio da Manhã, não são simpáticas para o ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes. O estudo de opinião, realizado de 4 a 8 de Fevereiro, coloca frente a frente três candidatos da área da esquerda – António Vitorino, Maria de Belém e Jaime Gama, com outros três da direita – Marcelo Rebelo de Sousa, Rui Rio e Santana Lopes. Este último perde para todos à esquerda.


Num embate com Maria de Belém, esta obteria 64,8% dos votos, enquanto Santana Lopes ficaria com 35,2%. Se o adversário fosse António Vitorino, o fosso seria ainda maior: o ex-comissário europeu teria 75,1% dos votos, ao passo que Santana recolhia apenas 24,9%. Se a disputa fosse com Jaime Gama, este obteria 65,1% dos votos e Santana Lopes ficava pelos 34,9%.


Já Marcelo Rebelo de Sousa ganharia a todos os candidatos socialistas: frente a Maria de Belém obteria o melhor resultado – 65,9% dos votos, contra 34,1%, mas também ganharia a Jaime Gama, com 65,7% (contra 34,3%), e a António Vitorino, com 62,8%. O ex-comissário europeu recolheria 37,2%, perdendo praticamente metade dos votos que teria caso enfrentasse Santana.


Também o ex-presidente da Câmara do Porto conseguiria vencer estes três candidatos da área do PS. O melhor resultado de Rui Rio (67,7%) seria obtido frente a Jaime Gama (que ficava com 32,3% dos votos). Num embate com Maria de Belém, Rio obteria 59,6% dos votos, ao passo que o resultado mais renhido seria obtido numa disputa com António Vitorino – 54,8% dos votos contra 45,2% do socialista.


Em conclusão, além de Santana Lopes perder contra qualquer um destes candidatos da esquerda, estes três socialistas só conseguiriam ganhar, precisamente, ao actual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
A análise da Aximage exclui António Guterres, que o Expresso deu, no passado fim-de-semana, como estando fora da corrida, bem como António Sampaio da Nóvoa ou Manuel Carvalho da Silva. Mas inclui o nome de António Vitorino, que o líder do PS lançou há algumas semanas.

 

 
FICHA TÉCNICA
Universo indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.
Amostra aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 608 entrevistas efectivas: 279 a homens e 329 a mulheres; 101 no Interior Centro Norte, 167 no Litoral Centro Norte, 97 no Sul e Ilhas, 166 em Lisboa e Setúbal e 77 no Grande Porto; 159 em aldeias, 211 em vilas e 238 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.
Técnica Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 4 a 8 de Fevereiro de 2015, com uma taxa de resposta de 83,9%.
Erro probabilístico Para o total de uma amostra aleatória simples com 608 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma "margem de erro" - a 95% - de 4,00%).
Responsabilidade do estudo Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.



pub