Rendas Fisco só consegue fiscalizar casas de férias com "reservas fictícias"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Fisco só consegue fiscalizar casas de férias com "reservas fictícias"

Nova Associação do Alojamento Local quer sensibilizar os proprietários para a importância de terem tudo legalizado e alerta que este não é “um negócio de lucro fácil”. Em 11 meses, registaram-se para receber hóspedes 20.944 unidades. Retirados os que já antes existiam, a média é de 34 por dia.
Fisco só consegue fiscalizar casas de férias com "reservas fictícias"
Bruno Simão
Filomena Lança 22 de outubro de 2015 às 00:01

Desde 27 de Novembro de 2014, quando entrou em funcionamento a nova plataforma de registo do alojamento local, inscreveram-se por lá 20.944 unidades. Estão aqui incluídos os alojamentos que já existiam e os entretanto criados

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI