Rendas Impostos para as rendas: onde se tocam e se separam as propostas do PS e do PSD
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Impostos para as rendas: onde se tocam e se separam as propostas do PS e do PSD

Os socialistas apostam mais nos contratos de longa duração, já o PSD quer reduções de IRS para todos. Os benefícios fiscais aos senhorios vão ser decididos entre os dois partidos e, para já, os pontos em comuns são poucos.
Impostos para as rendas: onde se tocam e se separam as propostas do PS e do PSD
Filomena Lança 07 de dezembro de 2018 às 12:00

Para já, um consenso: é preciso reduzir o IRS dos senhorios como forma de incentivar o mercado do arrendamento e trazer estabilidade aos contratos. A estabilidade foi, aliás, a primeira justificação dada pelo Governo

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub