Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Só 13,5% das rendas foram registadas a mais de dois anos

Em 2019 os proprietários declararam nas Finanças 25 mil novos contratos de arrendamento com duração superior a dois anos. São uma fatia de 13,5% do total e beneficiarão de IRS mais baixo, de acordo com a nova lei criada no ano passado para fomentar uma maior estabilidade na habitação.

Alexandre Azevedo
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 22 de Janeiro de 2020 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A nova lei que estipula taxas de IRS reduzidas em função da duração dos contratos de arrendamento e que entrou em vigor em 2019, apenas está a ser aproveitada em 13,5% dos novos contratos declarados ao Fisco durante o ano passado. De acordo com os números fornecidos ao Negócios pelo Ministério das Finanças, de um total de 245.072 novos arrendamentos para habitação que os senhorios registaram no portal e-arrendamento ao longo ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais arrendamento IRS rendas de longa duração impostos Finanças
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias