Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cristas critica decisão sobre Infarmed e diz que é "uma grande trapalhada"

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou hoje que a decisão do Governo de transferir a sede do Infarmed de Lisboa para o Porto foi "mais um processo mal conduzido" e "mais um exemplo de uma grande trapalhada".

Bruno Simão/Negócios
Lusa 25 de Novembro de 2017 às 19:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
"As pessoas foram apanhadas de surpresa", afirmou Cristas, em declarações aos jornalistas, acrescentando que este é "mais um processo mal conduzido".

Segundo a líder do CDS "há vários organismos que têm formalmente a sede no Porto, mas na verdade não têm lá quase ninguém a trabalhar e aparentemente aquilo que o Governo quer fazer é um número".

Para Cristas discutir e analisar a transferência de serviços para outros locais do país pode fazer sentido, mas isso não passa por este tipo de decisões "em jeito de apagar a burrada que foi o processo EMA", relativo à candidatura do Porto para vir a acolher a Agência Europeia do Medicamento, que acabou por sair derrotada.

"É mais um exemplo de uma grande trapalhada, de problemas que o Governo muitas vezes cria a si próprio, porque está sempre a querer trabalhar na base das habilidades e não de um trabalho sério", apontou.

Cristas, que falava à margem da conferência "25 de Novembro - Passado, Presente e Futuro", disse também que o CDS-PP tem apresentado propostas construtivas no Parlamento, como aconteceu no debate do Orçamento do Estado, tendo estas sido rejeitadas.

"Gostaria de ver do lado do Governo alguma atitude positiva e construtiva, não é só quando lhe falham os apoios à esquerda que chovem telefonemas para o CDS para ver se afinal o CDS dá uma mãozinha. Isso aconteceu no Orçamento do Estado mais do que uma vez", afirmou, sem adiantar pormenores sobre as matérias em causa.
Ver comentários
Saber mais Assunção Cristas Infarmed
Outras Notícias