Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hospitais estão a recrutar médicos para urgências por 50 euros à hora

Há vários hospitais a oferecer 50 euros por hora a médicos para assegurar as urgências em Agosto, conta o Diário de Notícias. Um valor três vezes superior ao auferido por um clínico do quadro.

Sara Matos
Negócios 26 de Julho de 2016 às 10:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

Para assegurar as escalas das urgências em Agosto há hospitais que estão a recrutar tarefeiros por 50 euros por hora por turnos de 12 e 24 horas. Um valor três vezes superior à remuneração de um médico que integra os quadros de um hospital, mas que pode não ser suficiente para assegurar o atendimento dos utentes, segundo o Diário de Notícias.

O Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) é uma dos exemplos. Mas há mais hospitais a seguirem os mesmos passos.

Segundo o secretário-geral do Sindicato Independente do Médicos (SIM), Jorge Roque da Cunha, "temos mais 50 ou 60 sítios no país a fazerem o mesmo, mas há falhas, porque os tarefeiros não estão integrados nas equipas". Faro, Évora ou São Francisco Xavier são outros dos hospitais elencados pelo responsável.

O jornal explica que as unidades hospitalares justificam a contratação de tarefeiros como a solução mais rápida para conseguirem assegurar o período de férias dos médicos dos quadros e do aumento de utentes, principalmente nas localidades que recebem mais turistas. No entanto, pode não ser suficiente.

Para provar isso, Jorge Roque da Cunha aponta o exemplo do serviço de urgência de Albufeira que no domingo contava apenas com um médico para atender os utentes. Uma situação que se deveu à ausência de um tarefeiro que foi escalado para reforçar a equipa de dois médicos do quadro do hospital.

Ver comentários
Saber mais Hospital Fernando Fonseca Amadora Sintra secretário-geral do Sindicato Independente do Médicos Jorge Roque da Cunha São Francisco Xavier saúde hospitais médicos
Mais lidas
Outras Notícias