Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministério da Saúde garante que não desmembra equipas da Maternidade Alfredo da Costa

Encerramento está decidido e ocorrerá ainda durante esta legislatura, disse hoje o ministro Paulo Macedo. Muitos do que estão contra unem-se amanhã num cordão humano junto em Lisboa.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 09 de Abril de 2012 às 18:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
No dia em que o ministro Paulo Macedo disse que o encerramento da Maternidade Alfredo da Costa (MAC) acontecerá “de certeza” nesta legislatura, o Ministério da Saúde vem agora sublinhar, em comunicado, que “ainda não foi tomada nenhuma decisão sobre o futuro dos serviços materno-infantis da Maternidade Alfredo da Costa”.

Paulo Macedo garantiu hoje, citado pela Lusa, que a reforma hospitalar “não é sinónimo de fechos”, embora tenha adiantado que o encerramento da MAC, em Lisboa, acontecerá “de certeza” nesta legislatura.

No entanto, o ministro salientou, segundo a mesma fonte, que a sua equipa não tem “qualquer intenção de desmembrar as equipas” da MAC.

Agora, em comunicado, “o Ministério da Saúde reitera que a reestruturação hospitalar na região de Lisboa e Vale do Tejo, designadamente na área de ginecologia e obstetrícia, é necessária pois regista-se, neste momento, um excesso de oferta face à redução do número de partos realizados”. E acrescenta: “Nesse sentido, o Ministério da Saúde reafirma o que tem dito: ainda não foi tomada nenhuma decisão sobre o futuro dos serviços materno-infantis da Maternidade Alfredo da Costa”.

Essa decisão só será tomada depois da ARS-LVT, em conjunto com o Centro Hospitalar de Lisboa Central, onde a MAC já está integrada, apresentar o plano de reestruturação de Lisboa e Vale do Tejo ao Ministério da Saúde, refere o mesmo comunicado.

A confirmar o que tem vindo a lume recentemente, está assim definido que a MAC vai encerrar, o que levou na passada quinta-feira a um plenário de emergência de todos os funcionários da Maternidade, que não querem ver as equipas desagregadas.

Sobre isso, o Ministério da Saúde “garante que não haverá desmembramento de equipas e que será mantida a excelência do conhecimento e experiência das equipas da MAC”.

No entanto, mantém-se para amanhã um cordão humano junto à MAC, como forma de protesto contra o encerramento desta unidade hospitalar.

Ver comentários
Saber mais Maternidade Alfredo da Costa MAC Paulo Macedo Ministério da Saúde
Mais lidas
Outras Notícias