Saúde Fernando Leal da Costa, o novo ministro da Saúde era adjunto de Paulo Macedo

Fernando Leal da Costa, o novo ministro da Saúde era adjunto de Paulo Macedo

O médico Fernando Leal da Costa será o futuro ministro da Saúde. Passa de secretário de Estado Adjunto de Paulo Macedo para a liderança do Ministério. Chegou ao actual Executivo em 2011. À época, era chefe de serviço de Hematologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa.
Fernando Leal da Costa, o novo ministro da Saúde era adjunto de Paulo Macedo
Correio da Manhã
João Maltez 27 de outubro de 2015 às 13:21

O ex-secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa, sobe na hierarquia do Governo, substituindo o ministro Paulo Macedo. Médico de profissão, o futuro responsável pela pasta da Saúde é especialista de hematologia clínica e de oncologia médica.

 

Fernando Leal da Costa nasceu em 1959 e é licenciado em Medicina pela Universidade de Lisboa. Consultor de Hematologia Clínica da carreira médica hospitalar, o ex-secretário de Estado foi chefe de serviço de Hematologia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, até à data da sua nomeação para o Executivo ainda em funções, em 2011.

 

Ao longo do seu percurso profissional, tal como é avançado na página do actual Governo, foi membro da Comissão de Avaliação de Medicamentos do Infarmed, onde também foi avaliador de ensaios clínicos.

 

Entre 2001 e 2002, Leal da Costa foi subdirector-geral da Saúde. Em 2003 e 2004, integrou a Comissão de Coordenação para a elaboração do Plano Nacional de Saúde, tendo sido membro da Comissão de Acompanhamento do Plano Nacional de Saúde, de 2004 a 2006.

 

De 2003 a 2005, representou Portugal nos Comités Directores de Saúde Pública e do Acordo Parcial do Conselho da Europa. Foi coordenador nacional para as Doenças Oncológicas em 2005-2006; e consultor para os Assuntos da Política da Saúde na Casa Civil do Presidente da República de 2006 a 2011.




pub