Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Orçamento da Saúde devia ser reforçado em 600 milhões em 2020

"Tem havido dificuldade crescente em introduzir racionalidade de gestão, em vez de (ir)racionalidade orçamental na gestão do SNS", diz Pedro Pita Barros, Professor de Economia na Universidade Nova de Lisboa e especializado na área da saúde.

O ano de 2018 terá como ponto central para Portugal, a meu ver, saber se o Governo começa a pensar em eleições (no ano seguinte ou antecipadas), abrandando a consolidação orçamental, ou não. Apesar dos bons resultados da economia nos últimos dois anos, uma má gestão orçamental poderá complicar a recuperação da economia portuguesa.
João D'Espiney joaodespiney@negocios.pt 18 de Outubro de 2019 às 10:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Numa conta breve, e tendo em conta o crescimento mensal da dívida dos hospitais, o SNS precisa de um reforço orçamental de 600 milhões de euros em 2020, defende o economista numa entrevista por escrito.

...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Ministério da Saúde SNS OE Pedro Pita Barros Professor de Economia na Universidade Nova de Lisboa
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias