Saúde Sondagem Aximage: quase 80% apoiam a requisição civil dos enfermeiros

Sondagem Aximage: quase 80% apoiam a requisição civil dos enfermeiros

Apesar de a aprovação ser transversal aos eleitores dos vários partidos, nota-se um apoio menor no Bloco e PCP, muito críticos da "greve cirúrgica". Idosos e os menos instruídos são os que aplaudem mais a decisão.
Sondagem Aximage: quase 80% apoiam a requisição civil dos enfermeiros
Rodrigo Antunes/Lusa
Manuel Esteves 12 de fevereiro de 2019 às 08:00

O Governo parece contar com o apoio esmagador dos portugueses na decisão de avançar com a requisição civil dos enfermeiros. Segundo uma sondagem feita pela Aximage para o Negócios e Correio da Manhã, 78,5% dos portugueses "estão a favor dessa decisão". Pelo contrário, 20% opõem-se, enquanto somente 1,5% dizem não ter opinião.

Curiosamente, o apoio à decisão é mais contundente no eleitorado dos partidos à direita, com uma posição mais neutral no conflito que opõe Governo e enfermeiros, do que à esquerda, onde os partidos assumiram uma posição hostil face à "greve cirúrgica". Segundo a sondagem, 71% das pessoas que votaram na coligação PSD-CDS em 2015 concordam com a decisão do Governo, ao passo que os eleitores do Bloco de Esquerda (67%) e sobretudo os do PCP (53%) se mostram mais divididos. A Aximage adverte que as estimativas para estes dois partidos têm uma margem de erro muito elevada (em virtude da reduzida amostra) pelo que os valores devem ser interpretados com cautela. Sem surpresa, é entre os votantes do PS que a requisição civil merece maior apoio: 82,5%.

Esta divisão no eleitorado sobressai noutra pergunta mais global e mais dramática feita pela empresa de sondagens. Questionados se proibiriam esta greve, caso tivessem poder para isso, 59% declara que sim. No entanto, entre os partidos à esquerda, a maioria diz que autorizaria a greve, enquanto que no PS e nos eleitores do PSD-CDS, a maioria optaria por proibir.

Nas segmentações feitas pela Aximage, percebe-se que o apoio crescente à requisição civil dos enfermeiros aumenta com a idade: nos inquiridos com idades compreendidas entre os 18 e os 34 anos, 75% apoia o Governo, mas nas pessoas com mais de 65 anos a aprovação sobe para 87%. O mesmo acontece com a escolaridade, mas em sentido inverso. O apoio é maior entre os menos instruídos (84%) do que entre aqueles que têm uma escolaridade além da obrigatória (74%).

A requisição civil foi decidida no Conselho de Ministros de quinta-
-feira, abrangendo os enfermeiros dos blocos operatórios de quatro centros hospitalares – de S. João, do Porto, de Entre o Douro e Vouga e de Tondela-Viseu – sendo justificada pela ministra da Saúde com o incumprimento dos serviços mínimos, o que é rejeitado pelos sindicatos que convocaram a greve.

O trabalho de campo desta sondagem decorreu entre os dias 5 e 10 de fevereiro e o Governo fez a requisição civil no dia 7, pelo que a Aximage alterou, nos inquéritos feitos a partir desse dia, o tempo verbal da pergunta relativa à aprovação/reprovação da requisição civil. Quanto à pergunta sobre a greve dos enfermeiros, esta manteve a mesma estrutura formal durante todo o período do inquérito.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI