Empresas Testes de sangue da Theranos sob investigação da SEC

Testes de sangue da Theranos sob investigação da SEC

A Securities and Exchange Commission (SEC), autoridade reguladora do mercado de capitais nos EUA que corresponde à CMVM em Portugal, está a investigar a fiabilidade da tecnologia de análises ao sangue aclamada pela startup Theranos.
A carregar o vídeo ...
Bloomberg TV 20 de abril de 2016 às 00:58

No ano passado, a CEO e fundadora da Theranos, Elizabeth Holmes, foi considerada a personalidade mais influente de Silicon Valley por revolucionar a biotecnologia através dos testes de sangue da sua startup, a Theranos.  

 

A revista Forbes classificou-a como a "multimilionária mais nova que subiu a pulso" e rapidamente foi alcunhada pela imprensa como "a Steve Jobs da biotecnologia". Agora, a SEC está a investigar a sua empresa por possível crime de fraude, dada a desconfiança em torno da fiabilidade da sua tecnologia. Sublinhe-se que a Theranos não está indiciada de qualquer crime, sendo esta fase ainda de investigação para apuramento de eventual fraude.

 

A empresa desenvolveu um método "low cost" de análise ao sangue, que é também bastante rápido, mas em Novembro passado a sua imagem foi posta em casa depois da publicação de um trabalho do The Wall Street Journal que punha em causa a fiabilidade da sua tecnologia.

 

O jornal norte-americano dizia que a empresa estava a defraudar os seus accionistas, ao exagerar na precisão da sua tecnologia – que recebeu o nome de "Edison".

 

Antes disso, os centros dos programas governamentais Medicare e Medicaid, num relatório de inspecção ao laboratório da empresa em Newark (Califórnia) publicado em Maio do ano passado, tinham também determinado que as análises da Theranos eram um perigo para a saúde dos clientes.

Isto porque encontraram falhas no cumprimento das normas de controlo de qualidade, como manter os congeladores nas temperaturas requeridas pelos fabricantes; falta de documentação adequada e documentos sem as assinaturas necessárias; e pessoal não qualificado para as funções.

 

Recorde-se que o Medicare e o Medicaid são programas federais que fornecem seguros de saúde e que são dirigidos, respectivamente, à população idosa ou incapacitada e às famílias desfavorecidas cujos rendimentos se situem no limiar da pobreza.

 

A Theranos – que chegou a estar avaliada em 9.000 milhões de dólares – admitiu em comunicado esta terça-feira, 19 de Abril, que está sob investigação criminal por parte do órgão regulador dos mercados nos Estados Unidos e garantiu que está a colaborar estreitamente com as autoridades.

 

Além disso, conforme refere a Bloomberg, também está a ser investigada pela Administração norte-americana dos Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla original), bem como pelos departamentos de Saúde dos estados da Pensilvânia e da Califórnia. 




Marketing Automation certified by E-GOI