Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Despesa com subsídio de desemprego está a subir 23%

A despesa com subsídio de desemprego aumentou 23% nos primeiros três meses do ano, revelam dados da Direcção-geral do Orçamento. Nos primeiros três meses do ano, a Segurança Social gastou 640 milhões de euros, mais 120 milhões que no ano anterior.

Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 20 de Abril de 2012 às 20:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A despesa com subsídio de desemprego aumentou 23% nos primeiros três meses do ano, revelam dados da Direcção-geral do Orçamento. Nos primeiros três meses do ano, a Segurança Social gastou 640 milhões de euros, mais 120 milhões que no ano anterior.

Este é um dos factores de forte pressão sobre as contas da Segurança Social que estão a reflectir a crise aguda que a economia atravessa. Com o desemprego a aumentar também as contribuições pagas estão a cair. A DGO quantifica esse recuo em cerca de 80 milhões de euros (-2,5%).

O saldo global da Segurança Social no primeiro trimestre foi positivo em 278 milhões de euros, um valor inferior em 301 milhões de euros ao do ano passado. “para este resultado contribuiu o aumento da despesa com prestações sociais – sobretudo pensões e subsídios de desemprego e apoio ao emprego – em paralelo com o decréscimo das receitas de contribuições”, explica a DGO.

No orçamento rectificativo o Governo reviu em baixa a previsões para o saldo do Segurança Social no final do ano para apenas 63 milhões de euros.



Ver comentários
Saber mais Execução Orçamental subsídio de desemprego
Outras Notícias