Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo discute formas de suavizar cortes nas pensões

Criação de escalões etários e a definição do patamar mínimo a partir do qual se farão os cortes estiveram ontem à mesa do Conselho de Ministros, relata o semanário "Sol".

Bloomberg
Negócios 02 de Agosto de 2013 às 08:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 63
  • ...

A proposta de diploma que vai operacionalizar os cortes nas pensões foi ontem avaliada e discutida em Conselho de Ministros, relata o semanário "Sol". Sem qualquer decisão ainda tomada, estiveram sobre a mesa regras destinadas a suavizar o imparto dos cortes, que além de garantirem um aumento significativo de cortes na despesa do Estado, terão, garantidamente, de passar pelo crivo do Tribunal Constitucional. 

 

Segundo o "Sol", a proposta aponta para uma graduação dos cortes previstos, com a criação de escalões etários que reduzam o corte na pensão à media que a idade do pensionista for mais elevada.

 

Assim, os mais penalizados serão os novos pensionistas, que se reformem a partir do próximo ano, com o Governo a querer passar a mensagem de que tudo está a ser feito para proteger direitos adquiridos.

 

Como já foi noticiado, a ideia é também estipular um patamar mínimo a partir do qual incidirão os cortes, sendo que a versão ontem discutida apontava para os 600 euros, a fasquia traçada por Paulo Portas já há vários meses.

 

Os cortes nas pensões deverão representar uma poupança de 672 milhões de euros para o Estado.

Ver comentários
Saber mais reformas pensões cortes
Outras Notícias